Portugalis®

Publicação Periódica registada na ERC,
sob o n.º 127078.

Marca Nacional registada no INPI sob o n.º 412214.

Turismo, Cultura, Lazer, Saúde, Desporto
e Bem-estar.

Diretor: Nuno Pinto

Porto
Porto
Foto: CM Porto
PUB

Grande Lisboa | Cascais

Instalação “StreamLight” de Margarida Valente, com entrada livre, na Galeria de Arte do Casino de Estoril

Os visitantes do Casino Lisboa podem observar, até ao próximo dia 1 de setembro, a instalação “StreamLight”, da autoria de Margarida Valente. Trata-se de um conjunto de 16 objetos iluminados feitos de materiais reutilizados, designadamente de desperdícios da indústria têxtil. A instalação poderá ser visitada no amplo espaço da Galeria de Arte, localizada na área circundante ao Arena Lounge. A entrada é livre.

“Usando uma linguagem semelhante à já utilizada anteriormente noutros projetos para espaços públicos, esta proposta baseia-se na suspensão de elementos com a mesma forma mas de diferentes dimensões que se encadeiam numa “corrente” de luz”, explica Margarida Valente.

“Os elementos, de cor branca, iluminados no seu interior permitem realçar as texturas e transparências dos materiais têxteis utilizados, como desperdício de collants de uma fábrica, reforçando mais uma vez o objetivo na reutilização desses materiais”.

“StreamLight” pretende criar uma leitura de conjunto a partir da articulação formal entre diversos elementos. É um projeto mais ousado pela forma como entra em diálogo com o espaço circundante, proporcionando uma relação sensorial entre o público e a própria instalação”, conclui Margarida Valente.

“StreamLight” reúne, assim, 16 objetos de diferentes dimensões e cujas composições integram variados materiais como, por exemplo, collants, redes têxteis, arames, cabos de aços ou madeiras.

Com um vasto currículo, Margarida Valente sempre se baseou na exploração de diferentes materiais, nas suas cores e texturas, e na forma como eles se combinam. O ponto de partida para cada peça é sempre definido pela alteração da função original dos materiais, ou de produtos que tenham já servido o seu propósito e possam ser, desta forma, reutilizados. As peças são sempre feitas à mão, e em edições limitadas.

É de registar que o Casino Lisboa foi distinguido com o certificado “Clean & Safe” do Turismo de Portugal e aderiu ao serviço COVID OUT, Selo de Confiança, Clean Surfaces Safe Places, emitido pelo ISQ.

O acesso aos espaços do Casino Lisboa é livre, exceptuando as áreas de Jogo que são reservadas, por imperativo legal, para maiores de 18 anos.

Gosta desta página no Facebook